Como saber se a roupa é de qualidade?

Comprar roupa de má qualidade não representa nenhuma economia, muito-antes-pelo-contrário! Sua vida útil é mais curta e as peças são perdidas rapidamente. Substituir essas peças vai sempre custar mais do que custaria outra de maior durabilidade.

O interessante é que nem sempre uma peça de má qualidade é uma peça barata ou vice-versa. É possível encontrar uma peça cara que escapou no controle de qualidade da marca, ou não houve um desenvolvimento de produto tão rigoroso. Assim como é possível, com um bom garimpo e um olhar apurado, encontrar peças de boa qualidade por um custo mais acessível. Confira o artigo aqui do blog: O que vale mais a pena? Comprar roupa cara ou barata? 

O que nos torna caçadoras de boas compras é termos um olhar treinadíssimo para encontrar  peças excelentes em todas as  faixas de preço.

É claro que em algumas lojas é mais fácil achar a agulha no palheiro do que encontrar a tal roupa bacanuda. Mas a partir do momento que você entende de qualidade e sabe separar o trigo do joio você fica imune à cilada de levar pra casa o que não vale a pena. E também passa a entender e aproveitar melhor quando aparecem oportunidades.

Esse entendimento é um facilitador também durante a consultoria de estilo, na etapa de revitalização, porque dá recursos pra você saber filtrar aquele monte de peças que não estão contribuindo em nada na sua aparência e poder contar no dia-a-dia somente com as que realmente vão valorizar seu visual.

Como saber se a roupa é de qualidade?

Conheça alguns dos requisitos para considerar que uma roupa é bem feita ou não:

– Material:  O componente que mais merece atenção numa peça é o tecido. Uma peça num tecido frágil, áspero ou que forma bolinhas nunca será uma boa aquisição, mesmo que a cor, estampa e modelo sejam muito atrativos. Quanto mais fibra natural na composição da peça (seda, algodão, lã, linho ou viscose que é fio natural mas processada industrialmente) mais aspecto de fino, maior a durabilidade, menos mau-cheiro, melhor é o toque. Em geral, tecidos com fibras 100% sintéticas como poliéster, poliamida, elastano não absorvem a transpiração e impedem a passagem de ar, o que pode causar mau cheiro, além de ter um caimento e toque menos agradável na pele. Pra saber a composição do tecido verifique a etiqueta interna da peça.

– Acabamento:  Vire a peça do avesso e perceba se as costuras estão aparentes, se as linhas estão à mostra, se a costura está retinha ou se está torta e grosseira, se a barra está reta ou retorcida, se o forro aparece. Uma boa execução na confecção garante não só um bom caimento no corpo, mas também sua durabilidade e indica que a peça não vai se desfazer nos primeiros usos. Em peças de alfaiataria verifique se a costura do ombro do blazer está retinha ou se tem franzido, se a costura traseira da calça está firme (puxe um pouco a costura com as mãos mesmo) e que não vai abrir quando você se sentar. Mesmo que as fábricas utilizem técnicas de padronização, ainda assim, costura é um trabalho artesanal. Uma peça pode ter uma costura torta e franzida e outra não, mesmo sendo exatamente do mesmo modelo, tecido e cor.

– Caimento:  Confecções que prezam por um bom caimento gastam tempo na criação e aperfeiçoamento de um produto inicial pra cada modelo diferente, que é chamado peça piloto.  Essa peça é provada e testada várias vezes antes que seja confeccionada em escala. Depois é feita a graduação de tamanhos, o corte do tecido, enfim, toda a produção. Mesmo que você esteja comprando de uma marca que se preocupa com o caimento das peças, isso não significa que esse caimento seja o ideal para o seu tipo de corpo, uma vez que não nascemos em forma e temos formatos e características diferentes. Antes de comprar, SEMPRE prove.  Veja como a peça se comporta no corpo, se o ombro está no lugar ou se está caído, se a peça fica suspensa, torta ou subindo cada vez que você se mexe.

Que tal agora ficar mais atenta antes de fazer novas compras e filtrar no seu armário peças que não tendem os seus novos requisitos de qualidade? Conta pra gente nos comentários abaixo!!

Quer receber artigos como esse diretamente na sua caixa de emails?

Quer receber dicas da Fê? Inscreva-se e receba dicas de estilo e beleza. .

Você pode também deixar seu comentário lá embaixo! Isso me ajuda a escrever mais coisas interessantes para você.

Você também pode gostar